DSC_0427-00--

Ao festejarmos hoje este rito de matrimônio, devemos ainda nos lembrar daqueles que não podem, por lei, dar este passo tão importante. A Verônica e o Davi acreditam que todos merecem o direito incontestável de se casar, pois todos merecem usufruir das benesses legais e emocionais que advêm deste ato. Um dia, num mundo mais justo, todos aceitarão que o amor não tem gênero, e que, antes de sermos homens ou mulheres, somos todos seres que amam. Esperamos que este dia chegue em breve.

Hoje, Verônica e Davi querem atestar que o casamento não é um fim, muito menos um começo. Esta não é uma cerimônia mágica, e não vai criar algo que já não exista. Eles já escolheram um ao outro como sua família, e hoje estão celebrando algo que já começou e que vai continuar crescendo ao longo dos anos. Pois o casamento é um processo. É uma caminhada ousada rumo a um futuro desconhecido, que envolve abrir mão do que somos, separados, em prol de tudo o que podemos vir a ser, juntos.

 

Comentários

comments