Espetáculo Teatral, Enquanto Agonizo

/, Notícias, Portfólio/Espetáculo Teatral, Enquanto Agonizo

Espetáculo Teatral, Enquanto Agonizo

. A peça Enquanto Agonizo tem a direção de Julio Conte e a apresentação ocorreu no Teatro Carlos Carvalho da Casa de Cultura Mário Quintana.

ENQUANTO AGONIZO é o relato da evolução da morte de um patriarca e suas repercussões na família. A longa agonia de José Dinis, em coma e internado, leva a família a exasperação e loucura. Restando ao fim uma tênue esperança que a vida redima a morte. O relato acontece dentro do cenário da mente de José Dinis. Sua lembranças, previsões e relações reais e imaginarias se realizam no mundo caótico do sujeito em caminho da morte, quando todas as narrativas se encerram.

No elenco, Boni Rangel, Emilio Farias, Fabiana Giguer, Larissa Hoffmeister, Leo Bello, Sheila Gomes e Thais Salvador.

Projeto Contemplado com o Prêmio Funarte Myriam Muniz de Teatro 2012.

DSC_0015

DSC_0024

DSC_0075

Inicialmente gostaria de destacar que, quando comparada a outras modalidades, como estúdio e publicidade, por exemplo, a fotografia de espetáculos me parece uma fotografia menos “exata”, menos previsível e mais subjetiva. Também é uma fotografia onde nos encontramos fortemente submetidos às condições de trabalho oferecidas pelo ambiente e pelos profissionais envolvidos, e nossas escolhas são sempre balizadas por aquilo que temos diante de nós (o espaço, a distribuição e o tipo de público, as características dos artistas, a iluminação, etc.). Estamos trabalhando em conjunto com a produção, os artistas, o iluminador, o ambiente e o público; ou seja, de antemão, temos um trabalho que não depende só de nós, da nossa capacidade enquanto fotógrafos e do nosso equipamento. Cada um tem seu papel, e todos precisam trabalhar bem para que os melhores resultados apareçam.

DSC_0080

 

DSC_0085

Mas no que consistiriam esses “melhores resultados”? Pra mim, na fotografia de espetáculos nós temos que encontrar uma linguagem que dê conta do “clima” de cada apresentação específica e que se relacione bem com o ambiente proposto pela produção (vista aqui no conjunto palco+iluminação+artistas+estilo, tipo de som, performance, etc). É aí que entra a subjetividade de cada um, a sensibilidade que teremos ou não para captar a essência do que está sendo proposto e assim fotografar em harmonia com o conjunto do espetáculo. Ou seja, para fazer “aquele” show, “aquela” cobertura fotográfica marcante, há um conjunto de coisas que precisam “funcionar” bem na hora, no instante exato da apresentação, e nem todas estão dentro das nossas possibilidades de controle racional e planejamento.

DSC_0103

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

comments

2014-05-18T07:38:40-03:00